UM TEXTO SOBRE QUEM ESCREVE

Leia mais

RESPONDA A PESQUISA DE PÚBLICO

Leia mais

RESENHA: NA NATUREZA SELVAGEM

Leia mais

INESQUECÍVEL FUNPOPFUN BY FANTA

Leia mais

20 junho 2017

O quão trágico pode ser você não se conhecer?

Minha última semana foi um vai e vem emocional tão grande, que jurei não sair ilesa. Mas aqui estou eu, depois de algum tempo ansiando escrever novamente, desabando em palavras. Algo que jurei conhecer bem, de trás pra frente, de cor e salteado era EU. Porém, com os acontecimentos dessa semana, tive a sensação de ter acordado de um coma. 


Como uma máquina, saí do meu controle e entrei no automático.


Simplesmente assim, uma hora eu era um alguém e em outra, era diferente. E ao observar a pessoa que eu vivi nos últimos tempos, tomei um susto. Pois não se parecia com a pessoa que eu sou agora.O mais bizarro da história é que, a eu de agora já foi assim um dia a muitos anos.

Logo a percepção de que, uma parte da minha vida, foi uma encenação alimentada pela minha inocente mente. Eu me conhecia, só deixei que fatores externos me transformassem em outro alguém, parte essa sim, que eu não tinha conhecimento.

Não sei justificar. Esse é o problema. Por que fingi por tanto tempo ser alguém que não queria ser? Eu nem se quer me importei com isso.

Você vive com a certeza de se conhecer, mas a cada dia se descobre de uma maneira diferente. Eu não me redescobri, eu me achei. Estava perdida tentando me encaixar em algo que nem tenho certeza agora. Isso me deixa feliz... e incomodada.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Copyright © 2014 | Design e Código: Sanyt Design | Tema: Viagem - Blogger | Uso pessoal • voltar ao topo