UM TEXTO SOBRE QUEM ESCREVE

Leia mais

RESPONDA A PESQUISA DE PÚBLICO

Leia mais

RESENHA: NA NATUREZA SELVAGEM

Leia mais

INESQUECÍVEL FUNPOPFUN BY FANTA

Leia mais

12 setembro 2015

SIMPLE SIMON

Desaparecendo como sempre, voltei aqui com mais uma dica de filmes, de um único filme pra ser mais especifica hahaha. Bem se tem um coisa que eu não curto são filmes de comedia romântica, as historias clichês parecem não tem fim, mas graças ao incrível mundo da Sétima Arte, sempre há filmes que conseguem nos surpreender.
 

"Estou em órbita em torno da Terra. Estou aqui para ganhar perspectiva. Gosto do espaço. Não há problemas no espaço. Não há mal-entendidos. Não há caos. Porque no espaço não há sentimentos." Assim começa No Espaço não Há Sentimentos (2010), uma comédia romântica do cinema sueco dirigida por Andreas Ohman, a qual me apaixonei pelas frases, pela fotografia e pelo lindo do irmão do Simon.
Depois de ir morar com San, seu irmão e a namorada dele, Simon (Bill Skarsgard) , um jovem que sofre de síndrome de Asperger se acostuma com toda rotina de seu dia-a-dia, até que seu irmão rompe o relacionamento e fica muito deprimido. Para anima-lo e fazer com que sua vida volte ao normal, Simon resolve ajudar o irmão a encontrar uma nova e perfeita namorada, mas descobre que a busca é muito mais complicada do que poderia imaginar, pois verá que é quase impossível fugir dos sentimentos. A frieza com que Simon trata as pessoas e seu jeito um pouco irritante é o que traz o humor ao filme, e faz com que gostemos mais ainda do personagem, e o que me chamou muito a atenção foi a fotografia cheia de cores e a trilha sonora que casa perfeitamente com as cenas.


*sorry, não achei o trailer legendado em português

Não vou mentir, tem alguns clichês mas ainda consegue ser um ótimo e surpreendente filme do tipo que você quer que dure umas 4 horas, mas os 85 minutos valem muito a pena. Ouvi gente dizer que é quase o Fabuloso destino de Amélie Poulain na versão masculina e sueca hahaha sem duvidas prefiro este <3. Assistam e espero que assim como eu, fiquem com um sorriso bobo depois do filme.

      
        "Para alguns, 13 dá azar. Mas não pra mim. É só um número primo, que só é divisível por si. Como eu."

                                 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Copyright © 2014 | Design e Código: Sanyt Design | Tema: Viagem - Blogger | Uso pessoal • voltar ao topo